Pular para o conteúdo

Apple e Intel pedem a Trump que repense a proibição do WeChat

Trump e outros argumentaram que o aplicativo de mensagens representa um risco à segurança, já que a China supostamente reúne uma vasta gama de dados de usuários

author,

app wechat apple iphone

A ameaça do presidente Trump de proibir o aplicativo TikTok parece estar chamando muita atenção, mas é a potencial proibição do app WeChat, criado pela chinesa Tencent, que está deixando grandes empresas americanas em pé de guerra.

Fontes do Wall Street Journal disseram que a Apple, Intel e várias outras empresas como Disney, Ford e Walmart "levantaram preocupações" sobre o motivo da proibição de interações com o WeChat. As empresas querem que o governo Trump defina ordem e limite ao seu alvo para que elas não sejam completamente impedidas de acessar o aplicativo de mensagens. O grupo pode aceitar a proibição da versão internacional do WeChat, se tiver permissão para lidar com a versão chinesa do serviço.

O WeChat acusado de compartilhar dados pessoais com a China. Trump e outros argumentaram que o WeChat representa um risco à segurança, já que a China supostamente reúne uma vasta gama de dados de usuários, potencialmente expondo americanos e expatriados chineses nos EUA à vigilância do Partido Comunista. A Tencent afirmou que protege a privacidade, embora não possa garantir isso na China.

A proibição total do acesso ao WeChat pode ser devastadora para as empresas americanas na China, especialmente a Apple. O aplicativo é considerado um importante canal social na China - é usado para tudo, desde comunicação oficial até compras. Se os EUA proibissem a Apple de oferecer o WeChat por meio da App Store, a empresa teria que encontrar uma alternativa para não vender iPhones na China sem um dos aplicativos mais importantes do país. Isso poderia prejudicar imediatamente os negócios da Apple, com o analista Ming-Chi Kuo alertando sobre uma possível queda de 30% nas remessas.

Outras empresas podem ser prejudicadas se forem forçadas a parar de anunciar ou aceitar pagamentos no WeChat. Também existem preocupações de que as empresas possam ser cortadas de outros serviços da Tencent.

Aplicativos
X

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência de navegação. Ao usar nosso site, você concorda com os cookies. Mais detalhes: Política de privacidade.