Ir para o conteúdo

Governo indiano proíbe 59 aplicativos chineses, incluindo TikTok, Shareit e UC Browser

Disponíveis para Android e iOS, os apps são acusados de roubar e transmitir clandestinamente os dados dos usuários de maneira não autorizada para servidores externos

author,

tiktok app mobile

O governo indiano anunciou hoje, 29, que baniu 59 aplicativos móveis chineses, que são prejudiciais à soberania, integridade e defesa da Índia, segurança do estado e da ordem pública.

O Ministério da Tecnologia da Informação do país comunicou que recebeu muitas reclamações de várias fontes, incluindo vários relatórios sobre o uso indevido de alguns aplicativos móveis, disponíveis nas plataformas Android e iOS, por roubar e transmitir clandestinamente os dados dos usuários de maneira não autorizada para servidores com localizações fora da Índia.

O governo acredita que a medida vai salvaguardar os interesses de milhões de usuários indianos de celulares e internet, buscando garantir a segurança e a soberania do ciberespaço indiano.

Lista de 59 aplicativos que foram banidos:

  • TikTok
  • Shareit
  • Kwai
  • UC Browser
  • Baidu map
  • Shein
  • Clash of Kings
  • DU battery saver
  • Helo
  • Likee
  • YouCam makeup
  • Mi Community
  • CM Browers
  • Virus Cleaner
  • APUS Browser
  • ROMWE
  • Club Factory
  • Newsdog
  • Beutry Plus
  • WeChat
  • UC News
  • QQ Mail
  • Weibo
  • Xender
  • QQ Music
  • QQ Newsfeed
  • Bigo Live
  • SelfieCity
  • Mail Master
  • Parallel Space
  • Mi Video Call – Xiaomi
  • WeSync
  • ES File Explorer
  • Viva Video – QU Video Inc
  • Meitu
  • Vigo Video
  • New Video Status
  • DU Recorder
  • Vault- Hide
  • Cache Cleaner DU App studio
  • DU Cleaner
  • DU Browser
  • Hago Play With New Friends
  • Cam Scanner
  • Clean Master – Cheetah Mobile
  • Wonder Camera
  • Photo Wonder
  • QQ Player
  • We Meet
  • Sweet Selfie
  • Baidu Translate
  • Vmate
  • QQ International
  • QQ Security Center
  • QQ Launcher
  • U Video
  • V fly Status Video
  • Mobile Legends
  • DU Privacy

Leia o comunicado do governo indiano na íntegra:

A compilação desses dados, sua mineração e criação de perfis por elementos hostis à segurança e defesa nacional da Índia, que acabam colidindo com a soberania e a integridade da Índia, é uma questão de preocupação profunda e imediata, que requer medidas de emergência.

O Ministério também recebeu muitas representações levantando preocupações dos cidadãos sobre a segurança dos dados e risco à privacidade em relação à operação de determinados aplicativos. A Equipe de Resposta a Emergências por Computador (CERT-IN) também recebeu muitas representações dos cidadãos em relação à segurança dos dados e à violação da privacidade que afetam as questões de ordem pública. Da mesma forma, houve preocupações bipartidárias semelhantes, sinalizadas por vários representantes públicos, tanto fora como dentro do Parlamento da Índia. Houve um forte coro no espaço público para tomar ações estritas contra os aplicativos que prejudicam a soberania da Índia, bem como a privacidade de nossos cidadãos.

Com base nessas informações e após o recebimento de informações recentes e confiáveis de que tais aplicativos representam ameaça à soberania e integridade da Índia, o governo da Índia decidiu proibir o uso de determinados aplicativos, usados em dispositivos móveis e não móveis habilitados para Internet.

Aplicativos
X

Utilizamos cookies para fornecer e melhorar nossos serviços. Ao usar nosso site, você concorda com os cookies. Mais detalhes: Política de privacidade.