Ir para o conteúdo

Lenovo demite centenas de funcionários da Motorola

A redução equivale a mais de 95% dos 20.000 funcionários que a Motorola tinha quando o Google adquiriu a empresa em 2011.

author,

De acordo com duas fontes próximas ao assunto, a Lenovo realizou uma nova rodada de demissões. Globalmente, o impacto das demissões teria atingido cerca de 2% dos seus 55.000 funcionários, sendo a maioria dos cortes de emprego dirigidos à funcionários da antiga Motorola.

Lenovo

Segundo as informações, mais de 50% de funcionários da divisão mobile nos EUA foram demitidos pela Lenovo, afetando mais de 700 postos, desde que decidiu abandonar a marca Motorola após sua aquisição por US$ 2,91 bilhões. Isso é uma redução de mais de 95% dos 20.000 funcionários que a Motorola tinha quando o Google adquiriu a empresa em 2011.

Esssa não é a primeiro re-organização conduzida pela Lenovo este ano. Em março, a empresa chinesa anunciou que iria dividir a divisão de telefonia móvel através de dois grupos empresariais. Essa transição levou Rick Osterloh a deixar a empresa e voltar para o Google. Em junho, o designer-chefe da Motorola, Jim Wicks, saiu depois de 15 anos na empresa.

Motorola

O Moto G4 está acumulando números de vendas decentes, mas não se destacam tanto quanto seus antecessores. Quanto ao Moto Z e Moto Z Force, apesar de já terem sido anunciados oficialmente, ainda estão para ser lançados.

Lenovo