Ir para o conteúdo

O HTML 5 ameaça a existência de aplicativos móveis?

Até quando os aplicativos móveis serão desenvolvidos com padrões e linguagens diferentes? Isso pode mudar com o HTML5.

author,

smartphone showing html5

A Internet usa algo chamado Hypertext Markup Language (HTML) e através disso uma página é exibida. Links para outros sites, se um texto está em itálico ou em negrito, a apresentação desse texto (seja no parágrafo do estilo de cabeçalho) é decidida pelo HTML.

A nova versão do HTML chamada HTML 5 está documentada no órgão W3C que regula os padrões utilizados pelos navegadores. O HTML5 é mais capaz do que seu antecessor e continua sendo utilizado junto com CSS e JavaScript. Com as mudanças da Internet o HTML 5 foi obrigado a se adaptar à demanda de conteúdo, o termo semântico nunca teve muito sentido antes do HTML5 e pode potencialmente ameaçar a existência de aplicativos móveis.

Como o HTML 5 poderia ameaçar os aplicativos móveis nativos

A razão pela qual as pessoas acham que o HTML 5 pode ameaçar a existência de aplicativos móveis é porque isso poderia reduzir a necessidade de aplicativos. Uma grande diferença entre HTML e HTML5 é que o HTML 5 pode exibir imagens e áudio - dois grandes recursos de aplicativos móveis. Alguns críticos acham que menos pessoas baixarão um aplicativo para dispositivos móveis se souberem que podem acessar o mesmo conteúdo por meio de seu navegador para dispositivos móveis, sem precisar fazer download de nada. Se alguém não tiver muito espaço no dispositivo para fazer o download de um aplicativo, o HTML 5 permitirá que ele ainda acesse esse conteúdo.

O HTML 5 pode ser usado para criar aplicativos complexos e interativos, executar animações, reproduzir jogos e exibir mídia, como filmes e músicas. É também uma plataforma cruzada, o que significa que, ao contrário dos aplicativos para Android e iOS, que precisam ser criados especificamente para esses sistemas operacionais, os sites em HTML 5 podem trabalhar em qualquer coisa sem que sejam necessárias alterações adicionais. Isso é importante porque muitas pessoas estão usando smart TVs, smartwatches e outros dispositivos inteligentes que não são celulares ou tablets.

Como os desenvolvedores podem se preparar

Os desenvolvedores de aplicativos e criadores de conteúdo que não querem perder tráfego e receita para concorrentes que têm sites HTML 5 devem pensar em tornar o site HTML 5, inclusive pensar semanticamente, ou seja, tornar o seu conteúdo visível para buscadores e outras plataformas, o site ganha em vários sentidos, acessos, usabilidade e acessibilidade.

Muitos sites na web estão usando HTML5 (como o MaisCelular) e de acordo com estas estatísticas de uso, 77,3% dos sites estão usando a linguagem de marcação HTML5. O crescimento de sites usando HTML 5 cresceu aproximadamente 7,3% desde o ano passado. Isso significa que muitos desenvolvedores entendem a necessidade do HTML 5 e estão pensando em como podem fazer com que seus sites e aplicativos funcionem para todos os dispositivos. No entanto, há aqueles que ainda não estão usando e podem estar dando participação de mercado para seus concorrentes.

Artigos especiais