Ir para o conteúdo

O ponto negativo do Android: atualizações

Alguns fabricantes tentam acalmar os potenciais compradores, informando com antecedência que eles receberão tantos anos de atualizações do Android e tantos anos de atualizações de segurança

author,

android 10

O Android tem muitos pontos fortes. Essas características ajudaram o Android ser o sistema operacional móvel mais usado no planeta, seguido pelo iOS como a segunda plataforma mais dominante do mercado. O Android tem muito a oferecer para usuários de smartphones e tablets, mas também é seguro dizer que há pelo menos um grande ponto fraco: as atualizações.

Anualmente nós vemos uma grande atualização do Android. Toda vez que o Google lança uma grande atualização para a plataforma, sabemos que existem muitos dispositivos por aí que não receberão esse software. Algumas empresas são piores que outras. Mesmo dispositivos relativamente mais novos não são necessariamente garantidos para receber a versão mais recente do Android.

Alguns fabricantes tentam acalmar os potenciais compradores, informando com antecedência que eles receberão tantos anos de atualizações do Android e tantos anos de atualizações de segurança. Se isso realmente importa ou não, cabe ao indivíduo, e uma atualização pode ser mais importante que a outra para pessoas diferentes. Algumas pessoas podem querer a versão mais recente do Android mais do que se preocupam com uma atualização de segurança e vice-versa.

A Nokia, por exemplo, foi apontada como uma das melhores empresas para fornecer atualizações do Android, o que é uma notícia impressionante. E agora veremos o desempenho da empresa com o Android 10. O Google, por sua vez, acaba de lançar a versão mais recente do sistema operacional móvel para a linha de smartphones Pixel, como era de se esperar.

Isso não é apenas uma coisa do Android, é claro. Um dos maiores pontos de venda da linha de iPhones, e os produtos da Apple em geral, é saber que as atualizações de software não vão sumir do radar apenas alguns anos após o lançamento do dispositivo. Esse é um ponto de venda potencialmente poderoso para muitas pessoas.

Agora que a versão mais recente do Android está disponível oficialmente fora da versão beta, pelo menos para um pequeno número de usuários, eu me pergunto: você leva as atualizações em consideração na compra de um novo smartphone ou tablet?

Artigos especiais