Ir para o conteúdo

O que todo usuário de primeira viagem do iOS precisa saber

Está querendo mudar para o mundo iOS, então é bom saber algumas peculiaridades do sistema operacional da Apple

author,

iphone

Se você utilizou o sistema Android durante muito tempo e está querendo mudar para o mundo iOS, então é bom saber algumas peculiaridades do sistema operacional da Apple. Por mais que esse sistema priorize a praticidade e seja fácil de acostumar, é preciso saber alguns atalhos na hora de usar o iPhone pela primeira vez.

É fundamental saber usar a Siri - Uma das grandes vantagens de se ter um iPhone moderno é aproveitar as vantagens da Siri, um software introduzido pela Apple nos seus smartphones a partir de 2011. A Siri funciona como um assistente pessoal para quem tem iPhone, com uma inteligência artificial diferenciada e bem moderna. Entre as coisas que esse software faz, ele funciona como lembrete, define alarmes, traz a previsão do tempo, realiza cálculos, abre aplicativos, mostra curiosidades, novas mensagens, pode até chamar o Uber e tantas outras funções.

Para configurar a Siri, o procedimento é bem simples e a própria página oficial da Apple em português traz um tutorial bem claro.

Não se desespere se o iPhone travar - Nos modelos antigos ao iPhone 8, era possível destravar o smartphone apertando o volume de menos e o botão do power simultaneamente por alguns segundos. Isso fazia com que o celular fosse reiniciado e saísse da inércia.

No entanto, a Apple mudou o mecanismo no iPhone 8. É preciso conectar o aparelho ao computador por USB e realizar um procedimento básico que também consiste em manusear os botões de volume e power. Se reiniciar de maneira manual não resolver, aí é necessário levar o aparelho até uma assistência técnica para resolver o problema - mas na maioria das vezes isso não é necessário.

Potente modo de segurança - Claro que nenhum dispositivo móvel é totalmente seguro quanto a ameaças externas, mas os iPhones modernos se destacam no assunto segurança. Inclusive, quando um aparelho iPhone, iPad ou iPad Touch é perdido/roubado, é possível bloqueá-lo e até mesmo rastreá-lo.

O recurso "Buscar iPhone" faz com que o smatphone seja rastreado. Já o "Modo Perdido" bloqueia todos os cartões cadastrados no dispositivo e um código é mandado para o aparelho proteger todas as informações pessoais. Também é bom ressaltar que o iPhone X, que celebrou 10 anos do primeiro lançamento da marca, tem um excelente modo de reconhecimento facial que ajuda ainda mais no quesito segurança.

Aplicativos interligados - O mundo da Apple é gigante e as funções do iPhone não se limitam apenas ao celular - longe disso. Uma das grandes vantagens de usar o sistema iOS é poder interligar muitos aplicativos a outros dispositivos.

Com um iPad, Mac ou iPod Touch, por exemplo, é possível fazer e atender ligações via iPhone. Entre outras funções básicas intercaladas pelos dispositivos, é possível ler mensagens do smartphone no Mac, além de tantas outras funções.

Alguns outros aplicativos famosos disponibilizam essa função, que é chamada de handoff, como New York Times, Airbnb, Wunderlist, etc.

O do New York Times, inclusive, é um dos destaques nisso. "Traz tudo que você adora sobre a versão de papel direto no seu iPhone. Com suporte handoff, a experiência fica ainda melhor. Comece lendo qualquer artigo no seu iPhone ou Mac, e ele automaticamente vai deixar o texto na parte em que você parou quando voltar para a leitura", afirma o site iMore. Outro aplicativo muito popular e que faz bem a "ponte" entre smartphone e computador é o app do PokerStars, uma das referências no poker online. Prático no Mac, apesar de não ser handoff, a empresa disponibiliza uma página de download exclusiva para tal.

Continuamente presente em softwares conhecidos mundialmente, a Apple tem cada vez mais focado em versões próprias de apps para o Mac, assim diminuindo a exclusividade do Windows.

Saiba o estado da sua bateria - Saber o nível atual da bateria e se ela está próxima de descarregar ou não é fácil e pode ser vista na tela principal. No entanto, conhecer o estado real da bateria como um todo não é tão prático.

Para o iOS 11.3, a Apple traz uma novidade que mostrará a saúda da bateria e informará que, caso esteja abaixo dos 80%, isso pode influenciar no desempenho do aparelho. Mas para outros aparelhos, é possível averiguar o estado da bateria de maneira diferente.

Existem aplicativos de PC que fazem isso, como é o caso do coconutBattery, que funciona no Mac. Para utilizá-lo, é preciso plugar o iPhone no cabo e o software mostra informações básicas sobre a situação do aparelho. Já um que funciona no Mac e Windows é o iMazing, também bem prático e fácil de utilizar.

Apple