Pular para o conteúdo

Presidente da FCC, Ajit Pai, deixará a comissão em 20 de janeiro

Uma de suas decisões mais notáveis foi apoiar a fusão da T-Mobile com a Sprint, que reduziu de quatro para três o número de grandes operadoras americanas

author,

ajit pai fcc

O atual presidente da Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FCC, na sigla em inglês), Ajit Pai, anunciou que deixará o órgão regulador em 20 de janeiro de 2021, no mesmo dia em que o presidente eleito Joe Biden tomará posse.

Pai entrou para a FCC como comissário em 2012 e foi nomeado presidente do conselho pelo presidente Trump em 2017. Naquela época, Pai foi nomeado para um mandato de cinco anos. Ele não servirá durante todo o mandato, mas também é comum que os presidentes da FCC cumpram quatro anos e mudem quando houver um novo presidente, como os últimos presidentes da FCC fizeram.

"Foi a maior honra de uma vida servir à Comissão Federal de Comunicações, incluindo ser presidente da FCC nos últimos quatro anos", disse Pai. "Sou grato ao presidente Trump por me dar a oportunidade de liderar a agência em 2017, ao presidente Obama por me nomear como Comissário em 2012, e ao líder da maioria no Senado McConnell e ao Senado por me confirmarem duas vezes. Ser o primeiro asiático-americano a presidir a FCC foi um privilégio particular. Como costumo dizer: apenas na América."

Pai supervisionou alguns movimentos importantes da FCC nos últimos quatro anos. Uma de suas decisões mais notáveis foi apoiar a fusão da T-Mobile com a Sprint, que reduziu de quatro para três o número de grandes operadoras americanas.

Não há nenhuma informação ainda sobre quem pode ser o próximo presidente da FCC. Biden nomeará o sucessor de Pai quando ele assumir o cargo no início do próximo ano.

Economia e Mercado
X

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência de navegação. Ao usar nosso site, você concorda com os cookies. Mais detalhes: Política de privacidade.