Ir para o conteúdo

Primeiro tablet com Ubuntu pode funcionar como um desktop

O primeiro tablet com Ubuntu flerta bastante com a ideia de transformar um dispositivo móvel e um computador que permite realizar várias tarefas, além de executar e gerenciar aplicativos

author,

Primeiro tablet com Ubuntu pode funcionar como um desktop

Lembra da fabricante espanhola BQ que começou a promover um novo tablet com Ubuntu? A Canonical estava escondendo o jogo, mas agora começou a falar e revelou, o que já era esperado faz tempo. Finalmente teremos o tablet com uma versão Ubuntu, o Aquaris M10, da mencionada fabricante BQ, virá com uma tela de 10,1 polegadas e o processador MediaTek MT8163 quad-core de 64-bit, CPU Cortex-A53 MPCore de 1.3GHz, GPU Mali com gráficos em 3D e suporte a resolução de 1920x1200 pixels.

Primeiro tablet com Ubuntu pode funcionar como um desktop
A maior diferença gira em torno da chamada "convergência" da Canonical - onde o Aquaris M10 Ubuntu Edition atualizado com um grande impulso no hardware, age como um PC quando você conecta um teclado, um mouse e um monitor ao tablet.

Primeiro tablet com Ubuntu pode funcionar como um desktop
Com os periféricos conectados, a interface de toque do Ubuntu rapidamente se converte em uma versão desktop, o que lhe permite realizar várias tarefas, executar e gerenciar entre aplicativos de desktop e apps móveis já instalados. Novos softwares podem ser obtidos depois de um rápido tour na loja de aplicativos da plataforma. A Canonical tem trabalhado muito lá para que as pessoas realmente considerem o Ubuntu como uma alternativa funcional para outras plataformas móveis.

Se tudo isso soa familiar, é porque a Canonical segue na direção da Microsoft com o recurso Continuum do Windows 10 e seus novos smartphones flertando bastante com essa ideia de transformar um dispositivo móvel num computador. Ambas as abordagens se concentram na capacidade de computação do dispositivo e no software que utilizam para isso - sem tantas preocupações com estética ou recursos desnecessários.

Primeiro tablet com Ubuntu pode funcionar como um desktop
A intenção de produzir um tablet com Ubuntu existe há anos - a Canonical lançou um instalador do Ubuntu para o Nexus 7 e até uma versão preview do Ubuntu Touch foi disponibilizada para o Nexus 10.

É surpreendente que tenha demorado tanto para o Ubuntu completar o caminho e chegar ao mercado na forma de tablet, mas antes tarde do que nunca.

De qualquer maneira, agora os desenvolvedores independentes, se sentirão á vontade com um tablet que representa bem o Ubuntu. Ainda não há nenhuma palavra sobre preço, a data de lançamento e nem mercados definidos para o dispositivo, mas de acordo com o comunicado enviado pela Canonical à imprensa, será "em breve".

Primeiro tablet com Ubuntu pode funcionar como um desktop
Comente, deixe-nos saber o que você pensa dessa notícia. E continue atento ao MaisCelular para saber mais informações.

Fontes: Canonical / Engadget

Tablet