Pular para o conteúdo

Twitter começará bloquear links para condutas de ódio e violência

Junto com isso, o Twitter também pode suspender contas de usuários dedicadas a compartilhar links que vão contra a política do serviço

author,

twitter logotipo

A partir de 30 de julho, o Twitter vai começar a bloquear links que apontem para conteúdos que envolvam conduta de ódio e violência compartilhadas em sua plataforma. Junto com isso, o Twitter também pode suspender contas de usuários dedicadas a compartilhar links que vão contra a política do serviço.

Desde a versão anterior da política de uso da rede social, o Twitter já bloqueava links que contenham conteúdo como terrorismo e extremismo violento, bens ou serviços ilegais, etc. Mas agora o Twitter está adicionando duas novas categorias: conduta de ódio e violência. Esta primeira inclui conteúdo que promova a violência, ameaça ou assédio contra outras pessoas com base em raça, etnia, origem nacional, casta, orientação sexual, gênero, identidade de gênero, afiliação religiosa, idade, deficiência ou doença grave, enquanto a segunda é definida pelo conteúdo que promova a violência contra um indivíduo ou grupo de pessoas ou glorifica a violência onde as pessoas foram alvo por causa de sua participação em um grupo protegido ou pelos autores de tais atos.

"Temos o compromisso de combater o assédio motivado por ódio, preconceito ou intolerância, particularmente aquele que tem o objetivo de silenciar as vozes de quem é historicamente marginalizado. Por esse motivo, proibimos comportamentos de assédio direcionados a indivíduos relacionados a categorias protegidas", diz a Política contra propagação de ódio do Twitter.

Se você encontrar algo no Twitter que parece violar a sua política de conduta de propagação de ódio, denuncie.

Aplicativos
X

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência de navegação. Ao usar nosso site, você concorda com os cookies. Mais detalhes: Política de privacidade.