Pular para o conteúdo

Vendas de celulares na China atingem nova baixa no segundo trimestre de 2022

Apenas uma grande marca, a Honor, teve um aumento nas vendas no período avaliado; as vendas da Realme diminuíram 44,3%

author,

De acordo com uma nova pesquisa da Counterpoint, as vendas de celulares na China caíram 14,2% no segundo trimestre de 2022, em comparação com o mesmo período do ano passado. Os volumes para o trimestre foram menos da metade do pico histórico do quarto trimestre de 2016, sofrendo uma queda de 12,6% em relação ao primeiro trimestre de 2020 que foi severamente atingido pela pandemia. No início deste ano, as remessas globais de processadores para smartphones também caíram 5% no primeiro trimestre de 2022.

No segundo trimestre de 2022, a Vivo manteve a liderança com 19,8% de participação, seguida por Honor (18,3%) e Oppo (17,9%). A Apple, por sua vez, subiu para o quarto lugar com uma participação de mercado de 15,5%. Apenas uma grande marca, a Honor, teve um aumento nas vendas no período avaliado. As vendas da Realme diminuíram 44,3%, enquanto a Vivo manteve sua participação no trimestre.

A economia da China cresceu apenas 0,4% no segundo trimestre de 2022, abaixo da expectativa do mercado de 0,8% a 1%. Durante esse período, as principais cidades da China, incluindo Xangai que é o centro financeiro e manufatureiro do país ocidental, passaram por restrições totais ou parciais.

Economia e Mercado
Wallace Emerich GarciaDo jeito que as coisas estão caminhando no mundo todo não é de se admirar.
X

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência de navegação. Ao usar nosso site, você concorda com os cookies. Mais detalhes: Política de privacidade.