Pular para o conteúdo

Vendas mundiais de smartphones caem abaixo de 100 milhões de unidades em maio

Os problemas contínuos da cadeia de suprimentos estão se estabilizando, embora o aumento dos níveis de inflação, juntamente com a desaceleração das fábricas na China e a crise na Ucrânia afetem

author,

Vendas mundiais de smartphones caem abaixo de 100 milhões de unidades em maio

De acordo com a companhia de pesquisas de mercado Counterpoint Research, as vendas mundiais de smartphones caíram para 96 ​​milhões de unidades em maio. O número representa uma queda de 4% em relação a abril e uma queda de 10% em relação aos números de maio de 2021. O que chama a atenção é que esta é apenas a segunda vez nos últimos dez anos que o número cai abaixo de 100 milhões de unidades no período.

Os 96 milhões é o segundo declínio mensal consecutivo e o décimo primeiro mês consecutivo de declínio anual de vendas. Apesar da forte recuperação após a onda inicial de Covid-19 em 2020, as vendas de smartphones ainda não voltaram aos níveis pré-pandemia. Os problemas contínuos da cadeia de suprimentos estão se estabilizando, embora o aumento dos níveis de inflação, juntamente com a desaceleração das fábricas na China e a crise na Ucrânia, sejam os principais fatores que limitam a demanda por smartphones.

Devido à demanda reduzida, os fornecedores de smartphones estão sofrendo um acúmulo de estoque, o que deve impactar os dados de remessas de smartphones no segundo trimestre. Olhando para o futuro, os analistas da Counterpoint preveem que a situação melhorará no segundo semestre, à medida que as cadeias de suprimentos se normalizam e as fábricas na China operam em níveis completos.

Economia e Mercado
Wallace Emerich GarciaIsso é natural considerando a quantidade de aparelhos "mais do mesmo" que os fabricantes tem lançado, além do mais com os fatores econômicos que estão afetando o mundo todo é normal que exista essa retração.
X

Utilizamos cookies para fornecer uma melhor experiência de navegação. Ao usar nosso site, você concorda com os cookies. Mais detalhes: Política de privacidade.